Não há como vir a este lugar e não lembrar de toda nossa história, eu consigo reviver tudo dentro de mim...

Me encontre aqui também: Pieces Of Me'

sexta-feira, agosto 20, 2010

Tudo azul
Completamente blue
Vou sorrindo, vou vivendo
Logo mais, vou no cinema
No escuro, eu choro
E adoro a cena.

(...)

Como é estranha a natureza
Morta dos que não têm dor
Como é estéril a certeza
De quem vive sem amor, sem amor.



"Completamente Blue" cazuza / george Israel / nilo roméro / rogério meanda
Postar um comentário