Não há como vir a este lugar e não lembrar de toda nossa história, eu consigo reviver tudo dentro de mim...

Me encontre aqui também: Pieces Of Me'

terça-feira, novembro 23, 2010

O poeta...


Ando tomado por emoções-Bethânia. Essas, que estão morrendo à míngua, poque não é moderno ter emoções. Não é in sentir amor, envolver-se. Ficou out dizer coisas como “quero ficar com você/ e é tão fundo que eu posso dizer/ que o fim do mundo não vai chegar mais” ou “parece bolero/ te quero, te quero/ dizer que não quero/ teus beijos nunca mais” ou “quando os caminhos se separam/ não tem razão que dê mais jeito” ou “é tão difícil ficar sem você/ o teu amor é gostoso demais”. É burro cantar coisas que eu, tu, ele, nós sentimos? É brega ter desejos e carências e dores e suspiros assim, de gente?
(...) as únicas canções que me vieram à mente para cantar baixinho foram canções de Bethânia.
Era completamente sem remédio ser só uma pessoazinha machucada. Mas brotou então um orgulho tão grande de ser ainda capaz de sentir o coração cheio de emoções-Bethânia que era quase como uma felicidade. Sangrada, do avesso – que importa? Era real, era vivo. Isso é muito, e Bethânia canta.
(Caderno 2 – O ESP – 1987)



(PS: Caio e Bethânia meu coração não aguentaaaaaaaa..)



- Amor tem desses lugares-comuns quase inconfessáveis -


O que virá depois?
Pergunto então para a tarde suja atrás dos vidros,
e me sinto reconfortado, como se houvesse qualquer coisa
feito um futuro à minha espera.

(Luz e sombra, in morangos mofados)




Alô?
É da Rádio ?
Queria oferecer:
"Daria tudo pra você estar aqui",
com Wanderley Cardoso.
Tudo. Tudinho!

(Caio F, Pedras de Calcutá)


... Simplesmente ele 



Postar um comentário