Não há como vir a este lugar e não lembrar de toda nossa história, eu consigo reviver tudo dentro de mim...

Me encontre aqui também: Pieces Of Me'

sábado, setembro 17, 2011

Depois disso, tudo passa...



E aí você cai e levanta maior.
E você percebe que amor é algo raro de sentir. 
E que na verdade, amamos com a cabeça e não com o coração.
Que a mente tem mais poder do que imaginávamos.
E que ser a vítima da história pode não ser bom, mas é mais digno.
E descobre que precisa fingir pra seguir.
E finge que não ama mais. Que esqueceu. 
Que não deseja que a vida devolva com toda 
a força um mal que alguém te fez.
E finge com a boca. E finge com os olhos. E finge pra si mesma.
E volta e meia, de tanto fingir, você acredita.
E uma foto, um sorriso, e um olá, 
trazem a tona tudo aquilo que suja sua felicidade forjada.
E você cai outra vez. 
Mas cai sabendo que vai levantar forte.
E um dia você acorda e percebe que não está mais fingindo que não sente.
Você tem certeza que tudo aquilo que te deixava triste, deixou de existir.
Aí você percebe que nada foi fingimento.
E passa a chamar de pensamento positivo 
e certeza de que quem decide o que vai sentir, é você mesma.
E depois disso, tudo passa a doer menos.

 Depois disso, tudo passa.


[Karla Tabalipa]


Postar um comentário