Não há como vir a este lugar e não lembrar de toda nossa história, eu consigo reviver tudo dentro de mim...

Me encontre aqui também: Pieces Of Me'

sexta-feira, fevereiro 04, 2011

O que eu gostaria de fazer;

...É um livro sobre nada

Mas o nada de meu livro é nada mesmo.
É coisa nenhuma por escrito :
um alarme para o silêncio, um abridor de amanhecer,
pessoa apropriada para pedras, o parafuso de veludo, etc, etc.
O que eu queria era fazer brinquedos com as palavras.
Fazer coisas desúteis. O nada mesmo.
Tudo que use o abandono por dentro e por fora.


Todas as coisas apropriadas ao abandono me religam a Deus.
Senhor, eu tenho orgulho do imprestável!

(O abandono me protege.)


Manoel de Barros,in: Livro Sobre Nada

Postar um comentário